Exame da OAB: Faculdades públicas têm o melhor desempenho, e as faculdades com índice zero.


O último Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), realizado em dezembro de 2010, reprovou 88,275% dos 106.891 bacharéis em direito inscritos. Do total, apenas 12.534 candidatos foram aprovados. O índice de reprovação da edição anterior já havia chegado a quase 90%. A prova é realizada pela Fundação Getulio Vargas.

Os alunos de faculdades de Direito mantidas por universidades públicas têm melhor desempenho no Exame de Ordem do que os que se formaram em instituições privadas de ensino. Das 20 instituições que mais aprovaram em termos proporcionais no último exame, 19 são públicas. A única faculdade particular que aparece no ranking das que mais aprovaram bacharéis é a Faculdade Baiana de Direito e Gestão, que ocupa o 20º lugar da lista.

Por outro lado, as faculdades privadas são as que hoje mais colocam profissionais da advocacia no mercado. No ranking das 20 faculdades que mais aprovaram em números absolutos, os cinco primeiros lugares são ocupados por instituições particulares de ensino: Universidade Estácio de Sá, Mackenzie, Universidade Paulista (Unip), PUC de Minas Gerais e PUC de São Paulo. Juntas, as cinco universidades formaram 1.345 novos advogados.

A UnB é a campeã em desempenho. Dos 43 alunos formados pela universidade que fizeram as provas, 29 receberam a carteira da Ordem dos Advogados. Índice de 67,4% de sucesso. Apenas universidades públicas obtiveram aprovação acima de 50% no exame.

 

A Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro, foi a campeã de aprovação em números absolutos. Tornaram-se advogados 390 alunos formados em Direito pela instituição. O índice de aprovação foi de quase 14%.

O Mackenzie tem o segundo lugar em números absolutos de aprovados, com 285 advogados. A terceira universidade que mais aprova é a Unip (230 bacharéis), seguida da PUC de Minas Gerais (224) e da PUC de São Paulo (216).

No total, as 20 instituições de ensino que mais aprovaram em números absolutos colocaram no mercado 3.510 novos advogados. Apenas três universidades públicas figuram nesse ranking: USP (191 novos advogados), Universidade Federal do Rio de Janeiro (127) e Universidade Federal de Minas Gerais (113).

Dez universidades tiveram mil ou mais alunos inscritos no Exame de Ordem, a média de aprovação entre essas instituições é de 11,2%. A campeã em número de bacharéis é a Unip, com 3.202 inscritos candidatos a exercer a advocacia, a universidade obteve índice de 7,2% de sucesso.

A Unip é seguida pela Estácio de Sá (2.844 candidatos), pela FMU (1.360), pela PUC de Minas Gerais (1.324) e pela Universidade de Fortaleza (1.282). Um bom exemplo de advogado formado no Ceará e o Renato Aragão (didi) :mrgreen:

 

AS 90 FACULDADES COM ÍNDICE ZERO NO EXAME DE ORDEM

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, encaminhará hoje (05) ao ministro da Educação, Fernando Haddad, ofício com a lista das 90 entre as 610 faculdades brasileiras cujos estudantes de Direito se submeteram à última edição do Exame de Ordem, mas, no entanto, não tiveram nenhum candidato aprovado após as duas etapas do exame.

O intuito da OAB é requerer a Haddad que tais faculdades sejam colocadas em regime de supervisão por parte do MEC. As instituições de ensino submetidas a este regime tem seus índices de aprovação em exames de proficiência acompanhados de perto pelo MEC e devem cumprir algumas metas estabelecidas pelo Ministério, sob pena de serem penalizadas com redução de vagas, suspensão de cursos e, em casos extremos, fechamento do curso.

Logo abaixo a relação com as 90 faculdades que não tiveram nenhum candidato aprovado após as duas etapas do exame, e 31 faculdades (destacadas em vermelho) não tiveram candidatos aprovados nem na primeira fase.

AL Faculdade Raimundo Marinho – FRM
AP Faculdade de Macapá – FAMA
AP Instituto de Ensino e Cultura do Aá – IECA
BA Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira – FAAHF
BA Faculdade de Tecnologia Empresarial – FTE
BA Faculdade do Sul – FACSUL
BA Faculdade Maurício de Nassau de Salvador – FMN Salvador
BA Faculdade Metropolitana de Camaçari – FAMEC
BA Faculdade Nobre de Feira de Santana – FAN
BA Faculdade São Salvador – FSS
BA Faculdade São Tomaz de Aquino – FSTA
BA Faculdade Social da Bahia – FSBA
BA Instituto Salvador de Ensino e Cultura – ISEC
CE Faculdade Luciano Feijão – FLF
CE Instituto Ceará de Ensino e Cultura – ICEC
DF Faculdade de Administração Escola Superior Professor Paulo Martins – ESPAM
DF Faculdade Fortium – FORTIUM
DF Faculdades Integradas Unicesp – FACICESP
ES Faculdade de Castelo – FACASTELO
ES Faculdade de Direito de Guarapari – FADIG
ES Faculdade do Espírito Santo – UNES
ES Faculdades Integradas Norte Capixaba – Fanorte – FANORTE
ES Instituto de Ensino Superior e Formação Avançada de Vitória – FAVI
ES Instituto Vitória de Ensino e Cultura – IVEC
GO Faculdade Betel de Goianésia – FABEGO
GO Faculdade de Caldas Novas – UNICALDAS
GO Faculdade Raízes – SER
MA Faculdade São José – FSJ
MG Faculdade da Cidade de Santa Luzia – FACSAL
MG Faculdade de Ciências Gerenciais Alves Fortes – FACE – ALFOR
MG Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Extrema – FAEX
MG Faculdade de Minas BH – FAMINAS-BH
MG Faculdade de Talentos Humanos – FACTHUS
MG Faculdade Pitágoras de Betim – PITÁGORAS-BETIM
MG Faculdade São Francisco de Piumhi – FASPI
MG Instituto de Ensino Superior João Alfredo de Andrade – IJAA
MG Instituto Superior de Educação do Alto São Francisco – ISEASF
MS Faculdades Integradas de Paranaíba – Fipar – FIPAR
MS Instituto Campo Grande de Ensino Superior – ICGES
MS Instituto Mato Grosso do Sul de Educação e Cultura – ISMEC
MT Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Sobral Pinto – FAIESP
MT Faculdade para O Desenvolvimento do Estado e do Pantanal Mato-Grossense – FAP
PA Escola Superior Madre Celeste – ESMAC
PA Instituto de Ensino Superior do Pará – IESP
PB Faculdade Potiguar da Paraíba – FPB
PB Faculdade Reinaldo Ramos – FARR
PE Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Igarassu – FACIG
PE Focca – Faculdade de Olinda – FOCCA
PI Christus Faculdade do Piauí – CHRISFAPI
PI Faculdade de Tecnologia do Piauí – FATEPI
PI Instituto de Educação Superior Raimundo Sá – IESRSA
PR Faculdade Arthur Thomas – CESA
PR Faculdade de Ensino Superior de Marechal Cândido Rondon – ISEPE RONDON
PR Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco – FACDOMBOSCO
PR Faculdade de Pato Branco – FADEP
PR Faculdades Integradas do Vale do Ivaí – UNIVALE
PR Faneesp – Faculdade Nacional de Educação e Ensino Superior do Paraná – FANEESP
PR Instituto de Ciências Sociais do Paraná – ICSP
PR Instituto de Ensino e Cultura do Paraná – Iecp – IECP
PR Instituto de Ensino Superior de Foz do Iguaçu – IESFI
PR Instituto Foz do Iguaçu de Ensino e Cultura – IFIEC
RJ Faculdade Gama e Souza – FGS
RJ Faculdade Paraíso – FAP
RJ Faculdade São José – FSJ
RN Faculdade de Ciências, Cultura e Extensão do Rio Grande do Norte – FACEX
RN Instituto Natalense de Ensino e Cultura – INEC
RS Faculdade Palotina – FAPAS
SC Centro de Educação Superior de Blumenau – CESBLU
SC Faculdade Exponencial – FIE
SE Instituto Sergipe de Ensino Superior – ISES
SP Centro Universitário Barão de Mauá – CBM
SP Centro Universitário Central Paulista – UNICEP
SP Faculdade Anhaguera de Jundiaí – UNIANHANGUERA
SP Faculdade Anhanguera de Osasco – FIZO
SP Faculdade Bertioga – FABE
SP Faculdade Campo Limpo Paulista – FACCAMP
SP Faculdade Carlos Drummond de Andrade – FCDA
SP Faculdade Cidade Luz – FACILUZ
SP Faculdade da Aldeia de Carapicuíba – FALC
SP Faculdade de Americana – FAM
SP Faculdade de Presidente Prudente – FAPEPE
SP Faculdade do Guarujá – FAGU
SP Faculdade Iteana de Ibitinga – FITI
SP Faculdade Politécnica de Campinas – POLICAMP
SP Faculdade Savonitti – FS
SP Faculdade Unidade de Suzano – UNISUZ
SP União das Escolas do Grupo Faimi de Educação – FAIMI
TO Faculdade Serra do Carmo – FASEC
TO Instituto Palmas de Ensino Superior – IPES
TO Universidade do Tocantins – UNITINS
ARTIGOS RELACIONADOS
  • tnenade
  • jeferson_badan
  • faculdade_feses
  • tnbolivia-facts
Política de Privacidade • 2017 (CC)